Três homens foram presos na tarde desta segunda-feira (18); grupo está envolvido em três casos
publicado em 18/06/2012 23:15 - Atualizado em 19/06/2012 00:35 | Gabriela Marques

Policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Araraquara prenderam, nesta segunda-feira (18), três homens suspeitos de assaltar caixas eletrônicos em Araraquara. “Eles são suspeitos de explodirem os caixas eletrônicos do Posto Morada do Sol, no dia 5 de janeiro; do posto Bambina, no dia 28 de fevereiro; e do Pronto-Socorro de Santa Lúcia, em 9 de março”, conta Fernando Bravo, delegado da DIG.
Na manhã de hoje, a DIG prendeu um pedreiro, de 42 anos, após apreender na casa dele, no Yolanda Ópice, Região Leste da cidade, dois explosivos plásticos prontos para serem utilizados. Após receberem mais informações, no final da tarde abordaram outro suspeito, de 38 anos, ao lado do antigo Tropical Shopping, na Vila Suconasa, Zona Sul de Araraquara.
O segundo suspeito levou a polícia até uma casa, também no Yolanda Ópice, onde afirmou que estavam escondidos mais explosivos. No local, havia dois homens. Um conseguiu fugir pelos fundos da casa, através do telhado. “Ele fugiu com os artefatos e não sabemos a quantidade que havia com ele”, conta Bravo. O outro homem, de 29 anos, tentou fugir, mas foi preso dentro de um quarto na casa. Ele tem passagem criminal por roubo e tráfico e nega envolvimento no roubo aos caixas eletrônicos.
Os dois homens presos no período da tarde foram autuados em flagrante por formação de quadrilha e encaminhados à Cadeia de São Carlos. O pedreiro preso na parte da manhã, por porte ilegal de explosivo, está na Penitenciária de Araraquara. 

PUBLICIDADE

Envie para um amigo

Seu nome:

Seu e-mail:

E-mail do(s) destinatário(s):

Mensagem:

Código de verificação:

Envie seu comentário

Seu nome:

Seu e-mail:

Comentário:

Código de verificação: