O ataque teria sido cometido por simpatizantes do grupo radical islâmico Al-Shabab
publicado em 30/09/2012 14:45 | Agência Estado

A explosão de uma bomba matou uma criança e deixou outras quatro feridas em uma escola dominical da Igreja Anglicana em Nairóbi, a capital do Quênia. O chefe interino da polícia de Nairóbia, Moses Ombati, disse acreditar que o ataque tenha sido cometido por simpatizantes do grupo radical islâmico Al-Shabab, da vizinha Somália.
Desde que o Quênia enviou tropas à Somália para combater os guerrilheiros do Al-Shaban, no ano passado, o país sofreu uma série de ataques contra igrejas. Na última sexta-feira, as tropas quenianas na Somália expulsaram a guerrilha da cidade somali de Kismayo.
Julius Macharia Maina, frequentador da igreja anglicana de Nairóbi, levou quatro crianças feridas no ataque deste domingo ao hospital, uma delas com um ferimento na cabeça e outras com escoriações leves. Segundo ele, o ataque foi "muito assustador". As informações são da Associeted Press.

PUBLICIDADE

Envie para um amigo

Seu nome:

Seu e-mail:

E-mail do(s) destinatário(s):

Mensagem:

Código de verificação:

Envie seu comentário

Seu nome:

Seu e-mail:

Comentário:

Código de verificação: