Tite questiona critérios da CBF na escolha de Dunga

Tite questiona critérios da CBF na escolha de Dunga

Técnico disse que não entendeu os critérios utilizados pela CBF

Quase dois meses depois da escolha de Dunga como técnico da seleção brasileira, o técnico Tite afirma que ainda não entendeu os critérios utilizados pela CBF para optar pelo retorno do treinador gaúcho. E acredita que ele próprio tinha condições de assumir o cargo.

“Eu sabia que haveria a possibilidade, pelo trabalho, minha, como do Muricy (Ramalho), Abel (Braga), Marcelo (Oliveira) e Cuca. Os profissionais que eu via (que poderiam ser escolhidos) pelo momento, e não por serem melhores. Mas foi pelos critérios adotados, os porquês (da decisão), que fiquei sem compreender. As escolhas das duas áreas, tanto técnico como do comando”, afirmou Tite ao SporTV.

Gilmar Rinaldi, coordenador de seleções da CBF, não retornou os contatos da reportagem para se posicionar sobre os comentários de Tite. Em entrevistas recentes, o dirigente afirmou que o nome de Tite chegou a ser avaliado, mas que Dunga seria o melhor nome para o momento da seleção. Desde que reassumiu o comando, Dunga já conquistou duas vitórias nos amistosos contra Colômbia e Equador realizados nos Estados Unidos na semana passada.

Ex-técnico do Corinthians, Tite alcançou projeção internacional com a conquista do Mundial de Clubes em 2012. Antes disso, no mesmo ano, comandou a equipe do Parque São Jorge na campanha do inédito título da Copa Libertadores. Ainda pelo clube, o treinador gaúcho conquistou um Campeonato Brasileiro (2011), um Campeonato Paulista (2013) e uma Recopa Sul-Americana (2013). Antes de fazer sucesso em São Paulo, ele havia conquistado títulos importantes em sua terra natal. Venceu a Copa do Brasil de 2001 pelo Grêmio e a Copa Sul-Americana de 2008 pelo Internacional.

fonte: Estadão Conteudo

tópicos  

Deixe seu comentário:


*